Notícias

Natação e Hidroginástica



A natação é considerada uma das atividades físicas mais completas que existem, e ainda é a mais indicada por médicos para as pessoas de todas as idades, principalmente crianças e idosos. Ela é recomendada pelos vários benefícios principalmente físicos que traz aos praticantes regulares, e preferidas por aqueles que encontram no meio aquático o melhor ambiente para relaxar e cuidar da saúde integral.

A natação é um exercício bastante eficaz, pois colocam em jogo os principais músculos do corpo e, consequentemente, proporciona um efeito total de condicionamento, maior do que muitos outros esportes. Entre os diversos efeitos positivos que a atividade regular da natação traz para um praticante, podemos destacar o aumento da capacidade respiratória, com consequente aumento da sua resistência (fôlego), prevenindo e atuando em problemas de asma e bronquite: uma maior deficiência na correção e manutenção da postura, visto que na posição horizontal nossa coluna está praticamente isenta da ação da gravidade. A natação ainda contribui na dilatação das paredes do miocárdio e um aumento do volume do coração: torna as artérias mais flexíveis, possibilitando uma melhor circulação sanguínea; diminui a frequência cardíaca basal (de repouso); atua no sistema nervoso, como um elemento auto relaxante; e auxilia na coordenação fina e coordenação global. 

A água atua como um ótimo condutor de energia. Em contato com a pele, pelos e mesmo rosto, partes do corpo bastante sensíveis a estímulos táteis, o movimento do liquido ao redor do corpo provoca sensações de prazer que, em ultima analise, remetem ao aconchego da barriga materna. A água também é o melhor meio de exercitar o corpo com baixo impacto sobre as articulações, pois compensa a ação da gravidade, facilitando os movimentos e a coordenação do nado.

A natação é um esporte de predominância aeróbica, ou seja, que utiliza oxigênio para produzir energia. Esse tipo de exercício geralmente requer velocidades moderadas e longas distancias. Em relação a outras atividades aeróbicas praticadas no chão, como corrida e pedalada, sem duvida a natação é a que apresenta menor risco de lesão articular. Com a forma de perder gorduras, no entanto, sua eficiência varia de acordo com o desempenho do nadador. A demanda de energia depende da velocidade do movimento e da braçada que esta sendo dada, mas também é influenciada pela habilidade do nadador. Um nadador hábil requer menos energia para mover-se na água, portanto ele tem que nadar um distancia maior do que uma pessoa não experiente para alcançar o mesmo gasto calórico.

O gasto calórico na natação, como em qualquer outra atividade física, depende muito do metabolismo de cada individuo, mas pode-se dizer que uma aula de natação com 45 minutos ininterruptos consome cerca de 400 kcal a 600 kcal. O dispêndio de energia de simplesmente mexer as pernas para manter-se à tona em posição vertical pode ser alto: um consumo de cerca de 1.5 litros de O2 por minuto. Isto significa um gasto calórico estimado de 7.5 kcal/min. Os nadadores de elite usam o mesmo numero de quilocalorias por minuto para nadar a 36 metros por minuto, enquanto que um nadador não experimentado pode requerer o dobro para manter a mesma velocidade.

Horários
Verificar informações na secretaria do clube.

Deixe seu comentário

* Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

Veja também